Coleta de células tronco

Mamãe e Papai, agora vocês podem armazenar células-tronco do dentinho de leite do seu filho

Quando as primeiras janelinhas começam a aparecer no sorriso dos pequenos, aquele dentinho que iria para a fada pode vir para a StemCorp e ser muito útil no tratamento de diversas doenças.

Por que armazenar o dente de leite é uma excelente oportunidade?

A polpa do dente de leite é uma fonte rica em células-tronco mesenquimais, com capacidade de se transformar em uma variedade de células destinadas à reparação de tecidos. A coleta ocorre geralmente em crianças entre 5-12 anos de idade.

Por que AGORA é o melhor momento para armazenar células-tronco?

Nossas células-tronco se deixadas no nosso corpo envelhecem como qualquer outro tipo de célula. Por isso a importância de armazená-las o quanto antes: para garantirmos a manutenção do seu potencial de multiplicação (geração de novas células-tronco) e de diferenciação (geração de novos tecidos). Além disso ao realizarmos o processo de criopreservação mantemos as células metabolicamente inativas (com a mesma idade que foram congeladas) e evitamos acúmulo de mutações no DNA, danos ambientais causados pela alimentação, radicais livres e ação de agentes infeciosos como vírus e bactérias.

Como são utilizadas as células-tronco?

As células-tronco mesenquimais possuem capacidade para reparar e reconstruir tecidos humanos, como ossos, cartilagens, vasos sanguíneos, pele, músculo, entre outros. Por isso, as células-tronco mesenquimais são a grande esperança para a medicina regenerativa bem como nos tratamentos de doenças inflamatórias e imunológicas. Assim como nosso organismo, ao longo dos anos, estas células envelhecem diminuindo sua capacidade de se multiplicar e reparar lesões. Assim nosso organismo fica mais sujeito a desgastes e lesões. Por isso é importante fazer o armazenamento das células-tronco o quanto antes!

As células-tronco possuem “super poderes” de regenerar e reconstruir tecidos. Confira como elas podem ajudar seu filho

As células-tronco mesenquimais possuem capacidade para reparar e reconstruir tecidos humanos, como ossos, cartilagens, vasos sanguíneos, pele, músculo, neurônios, entre outros. Nosso organismo, ao longo dos anos, perde a capacidade de produzir naturalmente essas células e fica mais sujeito a desgastes e lesões. Por isso a importância do armazenamento.